sexta-feira, 3 de maio de 2013

Maio chegou. É definitivamente outono!

maio

Maio chegou tão de repente que a gente nem percebeu…

Um feriado importante, no seu primeiro dia, acaba roubando as atenções do mês mais outonal que existe. É nele que as ideias e as coisas se refrescam! O que antes se destempera, agora se acomoda. Tranquiliza…

O calorão de fevereiro, que continua com o abafamento de março e abril, começa a ir embora. E a gente mal se dá conta!

As blusas ganham mangas. O ventilador já não é tão solicitado. O ar refrigerado dá um tempo, para a felicidade de quem paga a conta de luz. As janelas ficam abertas pela metade. E as cortinam balançam com as primeiras brisas do outono!

As estações do ano não se dão matematicamente, como são os cálculos dos astrônomos. Engana-se quem acredita na precisão das datas e nos horários limites, para sua alternância. A natureza é cíclica. É sábia. E o outono começa, pra valer, em maio!

Nasci em maio. E são muitos os aniversários que já comemorei. Pessoas amadas também nasceram em maio. Dizem que é o mês das noivas, de Nossa Senhora, das famílias… Maio é mesmo um bom mês para se festejar. De preferência, a dois.

O frescor de suas noites pede sopa quente. Pede pele na pele. Pede beijo na boca. Pede que a gente viaje para perto de quem ama. Pede dormir de conchinha. Pede queijos e vinhos. E pede muito mais…

Maio, no fundo, pede você. Antes que o mês acabe…

Quero você para mim!

maio1

2 comentários:

  1. Denise, gostei muito do seu blog, feliz Maio pra você também! bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada. Fico feliz que tenha gostado. Você também tem um blog, né? Vou aparecer por lá. Beijo.

      Excluir

Os comentários são de responsabilidade única dos seus autores e não expressam, necessariamente, a opinião do blog.