domingo, 5 de dezembro de 2010

FLUMINENSE: meu coração tricolor!

Hoje sou pura emoção. Às dezessete horas, entrará em campo, um time de guerreiros e eu tenho a felicidade de dividir com eles a grandiosidade desse momento.
Nem é preciso mais vencer... Embora seja esta a minha vontade, confesso! Mas essa história, acredito eu, não tem precedentes do Futebol Brasileiro.
Fluminense perdia. Quando não perdia, empatava. Estava morrendo. E, nós torcedores, morríamos com ele. Era sofrimento nos domingos, sofrimento nas quartas. O que estava acontecendo com aquele tradicional clube carioca??? Não dava pra acreditar que iríamos para a Segunda Divisão novamente! A matemática era cruel. Exigia que fosse feito o "praticamente impossível". As probabilidades eram cruéis: dois por cento de chace de sair dessa!!! Dois por cento!!!
Mas nem a matemática, nem os matemáticos, nem a população em geral contava com um homem que tinha apelido de cérebro.  "O técnico Cuca era pura emoção ao desabafar e comemorar o resultado obtido pelo Fluminense sob seu comando - em 25 jogos a equipe obteve 14 vitórias, 8 empates e apenas 3 derrotas"(Globo).
E outro, que não veio dos Tempos das Cavernas, mas diretamente da França, em março de 2009: "Agora está no papel.Nesta quarta-feira, o Fluminense enfim definiu a contratação de Fred. É oficial, acreditem.Depois uma longa novela, a diretoria anunciou a chegada do atacante. O jogador teve finalmente homologada a rescisão de contrato com o Lyon, da França, e será apresentado nas Laranjeiras nesta quinta-feira, às 12 h"(Mercado da Bola).
Esses dois e mais um time de guerreiros, em campo e fora dele, ACREDITARAM que, por menor que fossem as chances, ELAS EXISTIAM!!! Acreditaram e aproveitaram. Não aconteceu o provável rebaixamento tricolor! Continuamos na PRIMEIRA DIVISÃO DO CAMPEONATO BRASILEIRO.
Mas o mais bonito foi que essa história não parou por aí, o que já a teria tornado grandiosa. No ano seguinte, a arrancada continuou. Ainda que contra a vontade dos torcedores, Cuca é demitido pelos gestores do FLU e assume o time Muricy Ramalho. Confesso que a saída de Cuca me deixou triste e temerosa. Mas saber que o substituto seria um técnico também vitorioso deu um certo alívio. E eu não estava errada nas minhas suposições. Muricy deu continuidade e fez o time continuar na arrancada. Washington voltou (quando o time está ganhando sempre é mais fácil, né?). E o argentino CONCA assumiu de vez o espírito tricolor! Com um time de guerreiros, estamos, HOJE, decidindo o Brasileirão. 
Precisa vencer?
Resgatei um pouquinho da história do FLUMINENSE 2009/2010. Ser tricolor foi a melhor herança que meu pai podia ter me deixado. Infelizmente não consegui perpetuar essa paixão nos meus dois filhos flamenguistas. Mas não faz mal. Respeito e prezo a diversidade. Afinal, aqui em casa hoje estaremos todos unidos numa mesma torcida. Acredito que consegui transmitir valores de solidariedade e cumplicidade. Revanchismos baratos não têm lugar na minha família. 
Mas o que me fez escrever este texto, assim tão logo que eu desci da cama pela manhã, é a importante mensagem que essa história traz para todos nós, independente do time do coração. E gostaria de salientá-la para vocês. Como sabem, sou professora, e não perco este hábito adquirido na profissão. Vimos um time quase morto, vimos uma sucessão de infortúnios até chegarmos à beira do impossível. Mas o provável não aconteceu. Foi permitido contornar e sair do fundo do poço. Um homem acreditou e fez onze acreditarem; e mais onze; e mais mil; e mais uma torcida inteira! E fez um time escrever com a caneta da glória uma página linda pra fazer a gente acreditar nos sonhos, acreditar que sempre é POSSÍVEL! Que linda lição temos aí! É REAL ACREDITAR NAS UTOPIAS! Tem aquele ditado que diz: ENQUANTO HÁ VIDA, HÁ ESPERANÇA! Por isso, leitor, por mais difícil que seja a sua situação neste momento, quando tudo parecer perdido, lembre-se do que este time de guerreiros nos ensinou! Acredite, não se entregue, lute! Organize-se, faça planos, trace estratégias, planeje e treine. Não é sentado, à beira do caminho, que as coisas acontecem! Faça a sua parte. 
Hoje, é claro, vestirei minha camisa oficial para torcer pela vitória. Mas, mesmo sendo importante, esta vitória não é tão significativa quanto todo o processo que culminou com esta final de campeonato. Parabéns aos tricolores do mundo todo! Parabéns aos tricolores do Brasil! Parabéns ao Cuca, ao Fred, ao Conca, ao Muricy! Parabéns a todos  nós que acreditamos!
Hoje eu realmente estou feliz. E quero ficar mais feliz ainda...
Pai - Luiz Carlos - para você eu dedico este texto e a alegria que está enchendo o meu peito tricolor!

4 comentários:

  1. MUITO BOM ! Adorei o seu blog ! Visite o meu blog sobre tênis e retribua o comentário ! : breakpointbrasil.blogspot.com/ - SIGA MEU BLOG E MEU TWITTER, que eu sigo o seu de volta !twitter @breakpointbr, caso queira seguir. Se puder me liste :-)

    Obrigado !

    ResponderExcluir
  2. Adorei, amiga! Vou ler para o Lucas! Saudação tricolor.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns de fato agora neh?
    Ganhou o campeonato.
    Não me ligo muito em jogo, mesmo assim, a parabenizo.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns! Texto escrito como você vive.

    Com paixão!!!!!!!!!

    Sou flamenguista roxa, mas adoro a diversidade.É ela que torna a vida mais interesante.

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade única dos seus autores e não expressam, necessariamente, a opinião do blog.