sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Capitão Aza. Lembra?

CAPITAO ASA E GLEN FORD

Anos sessenta e setenta. O Brasil vivia dias duros. Regime Militar.

Não era permitido dividir nossos sonhos… Ser criança e, ainda assim, sorrir.

Um militar de mentirinha furou, de certa forma, esse bloqueio. Trabalhou nas lacunas deixadas e permitiu que a imaginação infantil viajasse, rumo ao infinito. Seu nome? Capitão Aza.

Sideral

Capitão Aza
”Comandando uma astronave
Rasgando o céu
Vou pisando em estrelas, constelações
Deixo longe o mundo aflito e a bomba H
Corpo livre no infinito eu vou
Na estrada do sol.
Traço rumo do meus passos na solidão
Ganho espaços nas revistas, televisões
Mas os homens se destroem
Nas guerras vãs
E vão no pó dos sonhos, ah
Em nome do amor
Colorindo o vermelho
Este céu azul
Minha nave é um espelho
Rebrilha o sol
Pela trilha da esperança
Cantando o amor e a paz
Eu vou cantando o amor e a paz”

Wilson Viana, policial civil e ator, deu vida a este personagem. que foi criado para homenagear o capitão aviador Adalberto Azambuja, falecido herói da FAB, que lutou na Segunda Guerra Mundial. Ele era conhecido pelos colegas aviadores como AZA”.

Seu discurso militarista agradava aos poderosos, que o deixavam no ar, na TV Tupi. Porém, no pouco que tínhamos, seu programa era um sopro de frescor, naqueles dias turbulentos. Éramos inocentes.

A gente gostava…

E até sente saudades…

7 comentários:

  1. EU LEEEEMBRO!!!!
    ELE VISITOU A MINHA ESCOLA, FOI UMA LOUCURA.
    ATÉ HJ EU LEMBRO A MUSICA DO ABC TODINHAAAAAA!! KKK
    Rosi Assumpção

    ResponderExcluir
  2. Denise, essa é do meu tempo! Mas não curti muito não, porque a imagem da Tupi era horrivel lá em casa!
    Hércules Souza

    ResponderExcluir
  3. Nem tinha nascido. Vc acredita???

    ResponderExcluir
  4. Aza com z não era americanismo. Capitão Aza era uma homenagem ao ás brasileiro da aviação durante a 2a. guerra mundial, o Capitão Azambuja.

    ResponderExcluir
  5. Ufa! Que informação maravilhosa! Para vc ver que nem tudo é o que parece... Vou rever o final do post. Obrigada.

    ResponderExcluir
  6. tenho 11 anos, eu nem era nascida mas gostei

    ResponderExcluir
  7. QUANDO EU ERA CRIANÇA OUVIA MEU PAI FALAR DELE. HOJE ESTOU APRESENTANDO-O AO MEU FILHO.

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade única dos seus autores e não expressam, necessariamente, a opinião do blog.