domingo, 21 de setembro de 2014

Você tem ciúmes de quê?

ciumes (1)

Ah, não negue, todo mundo sente um pouquinho de ciúmes de alguém ou de alguma coisa, até você! E eu.

Quando amamos muito alguma coisa, não queremos dividi-la com ninguém. Emprestar? Jamais. Porque só nós sabemos quais são os cuidados necessários para preservá-la, não é mesmo? É sempre assim: tira a mão das minhas coisas!

Taurinas são muito ciumentas. Quase possessivas. Eu mesma já fui muito mais do que sou hoje. A vida se encarregou de me colocar no meu devido lugar… Precisei escolher entre não ter nada ou me contentar só com um pouco. Foi uma grande lição: a de aprender a dividir!

Quando o ciúme é pequenininho, a gente controla, mas já, certamente, com algum sofrimento. Imagina quando ele se torna cada vez maior e assombrado? Tenho medo deste sentimento avassalador...

Existem pessoas que abusam do direito de serem ciumentas. Passam do ponto. São egoístas. Outras vão além: ficam doentes. Criam fantasias e passam a acreditar nelas. Em sua imaginação, há traição, infidelidade, culpa. E não têm escrúpulos para qualquer punição cabível. Para elas, é uma questão de honra.

O que era amor vira desamor, vira raiva, rancor, vira medo, vira… uma sucessão interminável de terríveis consequências geradas pelo ciúme descontrolado!

ciumes

Pode até ser que o ciúme seja o tempero do amor… Não vou discutir. Mas pimenta demais estraga o paladar de qualquer bom prato. Tudo bem, que há gosto para tudo. Mas eu, que sou alérgica a qualquer tipo de pimenta, prefiro sempre um tempero leve e natural, só para apurar o verdadeiro gosto da comida!

(E não há nada melhor do que o gosto do nosso amor, bem ao natural!…)

Uma ótima semana para todos.

ciúmes

ciúmes1

2 comentários:

  1. Adorei seu texto. Sou leonina e muito ciumenta com tudo: amigos, amores, coisas e comidas... Tudo mesmo!!! rsrsrsrsrs Mas foi bom ler o texto e perceber que é bem melhor controlar esse sentimento. Ciúme em exagero estraga tudo: até a comida!!! ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem assim, Drika... Obrigada pelo carinho. Volte sempre.

      Excluir

Os comentários são de responsabilidade única dos seus autores e não expressam, necessariamente, a opinião do blog.