quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Digas o que postas no Face, que te direi quem és!

facebook4

Digas o que postas no Face, que te direi quem és!

Esta é a adaptação do conhecido ditado popular (“Digas com quem andas, que te direi quem és”), para os tempos atuais. Ficou tão verdadeiro…

Se você tem um perfil no Face, tenho certeza que vai concordar comigo. Cada um se mostra, direitinho, através do que posta ou do que curte e compartilha.

Tem o chato, o metido a engraçadinho, o negativo, o polêmico. Mas o que me incomoda mais é o ofensivo. Aquele que não está nem aí e fala o que lhe vem pela cabeça, sem o menor respeito por quem vai ler. Fica faltando, no mínimo, ética.

Fotos de bebês que não nasceram (abortos) são de profundo mal gosto. Você tem o direito de ser contra, mas daí a ilustrar sua opinião é torná-la muito agressiva! Outras fotos impactantes similares não acrescentam nada, pode acreditar. Chocar não mudar a opinião de ninguém, só torna o ambiente virtual pesado.

face2

Ofensas através de indiretas? O Facebook está cheio. Falar mal do governo e dos funcionários públicos se tornaram moda ultimamente, sem a preocupação de ofender uma classe inteira de profissionais. Injusto, com certeza. É preciso mais responsabilidade na hora de separar o joio do trigo!

Pitacos religiosos, como aqueles que pedem para você curtir, comentar ou compartilhar, de acordo com sua fé, também deveriam ser descartados. Só criam desarmonia. E ainda tem gente quem insista em realçar as diferenças, achando graça no nada cômico…

Realmente, o Face está cheio de gente sem noção… E o que é pior, não percebem! Continuam se mostrando por dentro, através do que colocam por fora. Assinam embaixo.

E a gente fica mesmo numa saia justa. Se cancelar a amizade virtual, corre o risco da “amizade” ir por água abaixo, na vida fora da telinha. O que fazer então?

Vou contar a minha estratégia. Simplesmente oculto o que me agride, me aborrece ou não me acrescenta nada. A mensagem pode continuar lá, mas eu me poupo e não vejo mais!

Aprendi que com certas pessoas não adianta rebater. Trabalho em vão. Retrucar com elas é piorar as coisas! A melhor resposta é o silêncio. Ignorar.

face1

Já quem é feliz, bem resolvido, repassa alegria e ânimo! Posta mensagens otimistas, bem humoradas. Quem é idealista aproveita o espaço para promover reflexões e ganhar seguidores. Quem é esperto aproveita o site para ampliar suas oportunidades…

A verdade é que precisamos no policiar. Vamos combater os nossos exageros. Não são só as informações pessoais que não devem ser explícitas, como endereço ou número de telefone.

O nosso humor, a nossa personalidade, os nossos valores também formam a nossa identidade. Através do que falamos e do que postamos, nos mostramos por dentro. E para quem tem tantos amigos como nós, isso pode ser embaraçoso…

Fica a dica.

facebook

facebook1

(Dedicado a todos os “amigos” que me inspiraram a escrever este texto!)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade única dos seus autores e não expressam, necessariamente, a opinião do blog.