sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Os sanduíches do Bob’s

Bob's(Foto: Casal Gourmet)

Uma pena que a maioria dos funcionários da rede de lanchonete Bob’s não tenha idade para ter provado os sanduíches que a própria rede produzia há alguns (muitos) anos atrás. Eram infinitamente melhores… Talvez assim sentissem vergonha do que apresentam agora aos seus clientes.

Eu sou consumidora dos lanches do Bob’s desde menina. Posso falar!

Lá no Rio de Janeiro, no Méier, na Dias da Cruz. Na Tijuca, na Praça Saens Pena. No Centro da Cidade. Esses eram os pontos que frequentava. Lanchava com a minha avó, pelos idos dos anos 70.

Lanchar no Bob’s era tudo de bom. Cada sanduíche que era um almoço! Não cabia nas mãos. Os molhos escorriam e sujavam a blusa dos mais distraídos. O queijo derretia e a gente puxava pra dentro da boca. A gente se lambuzava, se empanturrava. Eram maravilhosos! No ponto.

O Bob’s era praticamente uma unanimidade: entre nós, adolescentes, entre os adultos e as crianças. Fui crescendo junto com seus lançamentos e novidades. O quarteirão era gigantesco. A gente quase não conseguia comer. O Big Bob então… De lamber os beiços só de lembrar!

Tinha a salada de ovos, que eu amava e sinto saudades. Até simulo, em casa, mas não fica a mesma coisa… Não era salada. Era um sanduíche com recheio de ovos e maionese temperada.

Pois hoje, no afã da Black Friday, fui ao Shopping e resolvi lanchar no Bob’s, algo de nostálgico talvez… Mas que decepção!

Pão e carne quase frios. Sem gosto. Pequenos. Um triste e insípido sanduíche… Deu vontade de chorar. Não tanto pelo dinheiro desperdiçado num produto de baixa qualidade, mas pela constatação de que a minha lanchonete do coração não é de longe nem parecida com aquela de anos atrás!

Lamentável. Lamentável. Lamentável. Incompreensível.

Numa época em que a concorrência é cada vez maior, em que os investimentos e tendências do setor estão em sanduíches gourmet, aquela rede que tinha os melhores, os maiores, resolve, então, abrir mão da qualidade que já possuía… Quem explica?

Não adianta ter três ou quatro molhos para regar um pão frio com uma carne fria dentro. Não adianta investir em propaganda e em folhetos promocionais se a qualidade do produto não faz o freguês querer voltar para comer de novo… Nem preços convidativos, porque se tratando de comida, o preço não é tudo. A qualidade do produto importa mais.

Eu não sou economista. Eu não sou nutricionista, nem chef, nem nenhuma profissional da área. Mas sou aquela que vai consumir o produto: a consumidora. Acredito que nessa condição, tenho direito a voto, não?

Pois eu voto pela volta dos sanduíches do Bob’s dos tempos atrás. De quando se cuidava com mais carinho do seu preparo. De quando se pensava em agradar de verdade quem iria comê-lo. De quando se gastava um pouco mais com os guardanapos, pois para comê-los se fazia uma deliciosa lambança! E se voltava para comer mais…

Tem coisa que modernizou, ficou melhor. Mas não foi o caso dos sanduíches do Bob’s.

Lamentável. Lamentável. Lamentável. Incompreensível.

Acho que desistirei de comer por lá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade única dos seus autores e não expressam, necessariamente, a opinião do blog.