quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Para sempre Elis.

"A música é meu arco, minha flecha, meu motor, meu combustível e minha solidão. Amigo, cantar é um ato que se comete absolutamente só e eu adoro."  (Elis Regina)

elis1

Fascinação

Elis Regina

Os sonhos mais lindos sonhei.
De quimeras mil um castelo ergui
E no teu olhar, tonto de emoção,
Com sofreguidão mil venturas previ.

O teu corpo é luz, sedução,
Poema divino cheio de esplendor.
Teu sorriso prende, inebria e entontece.
És fascinação, amor.

Os sonhos mais lindos sonhei.
De quimeras mil um castelo ergui
E no teu olhar, tonto de emoção,
Com sofreguidão mil venturas previ.

O teu corpo é luz, sedução,
Poema divino cheio de esplendor.
Teu sorriso prende, inebria e entontece.
És fascinação, amor.

Emocionada. Ouço Elis e me rendo.

Sou da geração em que política e canções andavam juntas. Cantores que abraçavam causas; lutavam declaradamente por um país livre.

Não usavam máscaras nem meias medidas. Usavam acordes e poesia! Faziam versos e conclamavam a massa. Colocavam o povo para lutar cantando! E incomodavam tanto, que muitos foram obrigados a “partir num rabo de foguete”… E só voltaram anos depois.

Elis Regina é dessa geração de heróis.

Gente que fez. Gente que compôs. Gente que encantou com o tom da sua voz e o lirismo de suas letras. Canções que diziam tudo, até quando não falavam nada…

Elis é da época das entrelinhas, das sugestões e das metáforas.

 

Elis conseguia expressar sua alma em cada canção. A gente ainda consegue sentir sua música com todos os sentidos… Arrepia. Comove. Encanta.

Elis Regina é daquelas que o tempo não fará esquecer. Passaram-se trinta anos. Passarão outros mais. Muitos outros mais. Elis será para sempre.

Pena que as grandes cantoras politizadas não nasceram mais. O lugar nesse palco ficou vazio…

“São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração
pau, pedra, fim, caminho
resto, toco, pouco, sozinho
caco, vidro, vida, sol, noite, morte, laço, anzol

São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração.”

elis2

elis3

elis4

2 comentários:

  1. a minha infância passei escutando Elis... tinha apenas 4 anos quando ela se foi, mas, para minha sorte, mamãe sempre teve ótimos gostos para música e livros... uma herança que não tem preço... até hoje escuto e me consigo me reunir com a turma da geração para curtir e cantar Elis.... para sempre e única!!!

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade única dos seus autores e não expressam, necessariamente, a opinião do blog.